SEMINARIOS E PALESTRAS

AGENDE UMA PALESTRA OU UM DE NOSSOS SEMINARIOS EM SUA IGREJA:

1.SEMINARIO " O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA"
2.SEMINÁRIO "BASES SÓLIDAS PARA UM CASAMENTO FELIZ"
3.SEMINÁRIO "SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS E FAMILIARES"
4.SEMINÁRIO "VENCENDO AS BATALHAS ESPIRITUAIS"
5.SEMINÁRIO INTENSIVO DE EVANGELIZAÇÃO
6.SEMINÁRIO DE LIDERANÇA MINISTERIAL
7.PALESTRAS PARA HOMENS,PARA JOVENS,PARA CASAIS,ETC.

A VOSSA DISPOSIÇÃO ATRAVÉS DO E.MAIL -vcamposrocha@gmail.com

ou deste blog.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

QUANDO AS COISAS NÃO VÃO BEM NO CASAMENTO

          QUANDO  AS  COISAS  NÃO  VÃO  BEM  NO  CASAMENTO
Vez por outra ouvimos alguém dizer “as coisas não estão indo bem no meu casamento”.Evidentemente,  a maioria dos casais um dia dirão a mesma coisa.Cada caso é um caso, por isto não se pode analisar e julgar  todos os problemas conjugais em um mesmo patamar.Há os problemas em formação,os já formados e os crônicos.Para os que estão em formação aconselhamos o uso do bom senso,a auto-análise de cada um,a decisão de resolver a questão através do entendimento,do diálogo,da boa vontade.Pode ser que detalhes estejam se acumulando e fazendo a diferença no bom relacionamento do casal.Tomemos por exemplo: Não saber ouvir,não calar a boca na hora certa,o desleixo pessoal e com as coisas dentro de casa,as questões financeiras,o desrespeito, a infantilidade nas brincadeiras, a fuga do cumprimento das responsabilidades  no lar e a mudança do humor.Todos estes são detalhes que podem ser plenamente solucionados bem depressa, para isto,basta querer.Os “já formados”  dizem respeito a coisas alimentadas no curso da vida. De simples probleminhas se transformaram em grandes e aparentemente insolúveis desafios. Destacam-se neste nível: Sentimentos de vingança, ódio oculto, rebelião a liderança masculina, busca incessante da independência um do outro, perda da atração entre ambos, mutismo,distanciamento físico,agressões verbais,desejo de fugir e perda da perspectiva de vida a dois.Para estes casos  também  há cura.Desde que as pessoas abram o coração para o agir de Deus,evidentemente todas as coisas boas podem acontecer.Primeiro passo: Ambos reconhecerem que estão em falta um com o outro e pedirem perdão – Segundo passo: Assumirem o compromisso de não ficarem relembrando “coisas negativas” do passado da vida do outro. Terceiro passo: Se esforçarem para ter um recomeço com mais humildade, mais respeito, mais consideração e mais carinho. Quarto Passo: Assumirem o compromisso de não repetirem os mesmos erros. E para finalizar,os  “crônicos”.Nesta situação as coisas são bem mais difíceis. Pois trata-se do acúmulo incessante de sentimentos de ódio, coisas mal resolvidas, prática da infidelidade,da mentira, orgulho, violência em todos os aspectos, determinação interior de separação e ausência completa da atividade sexual.Nesta situação,que mais parece uma casa em ruínas  desabando por todos os lados,a única maneira de promover a reconstrução é somente através de uma ação direta de Deus.Ele é o grande idealizador da família,o maior interessado em que tudo se normalize,e também o seu Grande Construtor.Nada que a oração não resolva,a obediência a Palavra de Deus não corrija,e o perdão não cure.Em todas as situações sempre temos que ter em mente que Deus só perdoa quem pede perdão,só usa de misericórdia com quem tem misericórdia,socorre quem pede socorro,estende suas mãos para mãos estendidas.Portanto,qualquer que seja a situação conjugal e familiar que você esteja vivendo,há esperança.Confie e busque a Deus.
Prvaldemircamposrocha.blogspot.com

Jan.2013
Postar um comentário