SEMINARIOS E PALESTRAS

AGENDE UMA PALESTRA OU UM DE NOSSOS SEMINARIOS EM SUA IGREJA:

1.SEMINARIO " O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA"
2.SEMINÁRIO "BASES SÓLIDAS PARA UM CASAMENTO FELIZ"
3.SEMINÁRIO "SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS E FAMILIARES"
4.SEMINÁRIO "VENCENDO AS BATALHAS ESPIRITUAIS"
5.SEMINÁRIO INTENSIVO DE EVANGELIZAÇÃO
6.SEMINÁRIO DE LIDERANÇA MINISTERIAL
7.PALESTRAS PARA HOMENS,PARA JOVENS,PARA CASAIS,ETC.

A VOSSA DISPOSIÇÃO ATRAVÉS DO E.MAIL -vcamposrocha@gmail.com

ou deste blog.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Entendendo as diferenças...

Diferenças mentais e emocionais.
As mulheres tendem a ser mais pessoais do que os homens. Elas  têm  um interesse mais profundo pelas pessoas e sentimentos, enquanto os homens se inclinam a ocupar-se mais dos aspectos práticos que podem ser compreendidos mediante dedução lógica.Os homens tendem a ser mais orientados no sentido desafio-conquista – competição pelo domínio – daí o seu interesse acentuado pelos esportes como futebol e boxe.

 Por que a mulher se interessa menos por uma luta de boxe? Porque relacionamentos íntimos e ternos não se desenvolvem geralmente num ringue! Veja também o que acontece durante muitas férias familiares. Ele sente-se desafiado a percorrer 800 km por dia, enquanto ela quer parar de vez em quando, tomar café e relacionar-se com outras pessoas. Ele acha que isto é perda de tempo, interferindo no seu objetivo.

Os homens tendem a desejarem menos e a terem dificuldades em construir relacionamentos íntimos, tanto com Deus como com os outros. Por exemplo, as mulheres são as que geralmente compram livros sobre o casamento. São elas que quase sempre mostram interesse inicial em conhecer a Deus e freqüentar a Igreja. Quando o homem compreende que sua esposa é mais naturalmente motivada a cultivar amizades, ele pode relaxar e aceitar essas tendências e preferir cultivar um casamento melhor e melhores relacionamentos com os filhos. O Dr.Cecil Osborne, em seu livro “ A arte de compreender seu cônjuge”,disse que as mulheres se tornam intimas das pessoas que conhecem e das coisas que as cercam; elas entram numa espécie de “união” com  o seu ambiente.Embora o homem se ligue às pessoas e situações,ele geralmente não permite que sua identidade se mescle com elas,permanecendo de certa forma separado.Essa é a razão pela qual a mulher,considerando a casa como uma extensão de si mesma, pode magoar-se quando esta é criticada por outros. As mulheres tendem a encontrar sua identidade nos relacionamentos próximos, enquanto os homens a obtém através de sua profissão. Por causa de identificação emocional da mulher com as pessoas e lugares ao seu redor, ela precisa de mais tempo para ajustar-se a mudanças que afetem seus relacionamentos. O homem pode deduzir logicamente os benefícios de uma mudança e “preparar-se” para ela em minutos. Mas não a mulher. Desde que ela focaliza as  conseqüências imediatas da mudança para um novo local, precisa de tempo para vencer o ajuste inicial antes de aceitar as vantagens da idéia.

Diferenças físicas.
O Dr.Paul Popenoe, fundador do Instituto Americano de Relações Familiares em Los Angeles, dedicou seus anos mais produtivos à pesquisa das diferenças biológicas entre os sexos. Algumas das suas descobertas acham-se mencionadas a seguir.
 A mulher tem uma vitalidade constitucional maior, talvez devido à formação
 singular  de seus cromossomos. A mulher, no geral, vive  mais que o homem
 cerca  de três a quatro anos.
 O metabolismo feminino é normalmente  mais baixo que o do homem.
 O homem e a mulher diferem na estrutura do esqueleto. A mulher tem a cabeça mais curta, rosto  mais largo, queixo menos proeminente, pernas mais curtas e tronco mais comprido.
 A mulher tem rins, estômago, fígado e apêndice maiores que o  homem , mas seus pulmões são menores.

 A mulher tem funções singulares e importantes: menstruação, gravidez, lactação. Os hormônios femininos são de um tipo diferente e mais  numerosos que os do homem.
 A tireóide da mulher é maior e mais ativa. Ela cresce durante a gravidez e menstruação; provoca o aparecimento de bócio com maior frequência nas mulheres; fornece resistência ao frio; está associada com seu corpo de pele macia, quase sem pêlos, e camada grossa de gordura subcutânea.
 O sangue da mulher contem  mais água, 20 % menos células vermelhas. Desde que as células vermelhas suprem oxigênio para as células do corpo, as mulheres se cansam mais facilmente e tem maior tendência ao desmaio. Sua vitalidade constitucional fica então limitada a um curto período de vida.
 Os homens possuem em média 50 % mais força  bruta do que a mulher (40 % do peso do corpo masculino é composto de músculos; 23 % no caso das mulheres)
 O coração das mulheres bate mais rapidamente ( em média 80 batimentos por minuto,enquanto o do homem bate 72) A pressão  sanguinea da mulher é de 10 pontos mais baixa que a do homem,variando de minuto para minuto,mas ela tem menos tendência para a hipertensão – pelo menos até a menopausa.
 A capacidade vital ou fôlego da mulher é significativamente mais baixa do que a do homem.
 A mulher suporta altas temperaturas melhor que o homem, porque seu metabolismo desacelera mais devagar.


Diferenças sexuais

A sexualidade da mulher tende a relacionar-se com o seu ciclo menstrual, enquanto a do homem e praticamente constante. O hormônio masculino, testosterona, é um dos principais fatores que estimula o desejo sexual do homem.
 A mulher é mais estimulada pelo toque e pelas palavras românticas. Ela sente-se em grande parte atraída pela personalidade masculina, enquanto o homem é mais estimulado pela vista. Ele também discrimina menos com relação às pessoas por quem sente atração física.
  Enquanto o homem precisa de pouco ou nenhum preparo para o sexo, a mulher no geral necessita de horas de preparação emocional e mental. O tratamento rude ou abusivo pode facilmente anular seu desejo de intimidade sexual durante dias seguidos. Quando o marido esmaga as emoções da mulher, ela muitas vezes sente repulsa pelos avanços dele. Muitas mulheres afirmaram se sentir como verdadeiras prostitutas quando forçadas a fazer amor enquanto ainda se acham ressentidas com o marido. O homem, talvez não tenha idéia desses sentimentos da mulher quando ele a força a fazer sexo.
  Essas diferenças básicas surgem no geral logo depois do casamento e são  a fonte de inúmeros conflitos conjugais. Desde o inicio, a mulher sabe desenvolver melhor uma relação cheia de amor. Devido à sua sensibilidade, ela tem mais consideração pelos sentimentos do marido e mais entusiasmo no sentido de criar um relacionamento significativo de vários níveis; isto é,ela sabe como construir algo mais do que uma maratona sexual;ela quer ser amante,amiga,admiradora,dona de casa e companheira apreciada.


extraida do livro SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS                                     do pr.valdemir campos rocha
Postar um comentário