SEMINARIOS E PALESTRAS

AGENDE UMA PALESTRA OU UM DE NOSSOS SEMINARIOS EM SUA IGREJA:

1.SEMINARIO " O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA"
2.SEMINÁRIO "BASES SÓLIDAS PARA UM CASAMENTO FELIZ"
3.SEMINÁRIO "SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS E FAMILIARES"
4.SEMINÁRIO "VENCENDO AS BATALHAS ESPIRITUAIS"
5.SEMINÁRIO INTENSIVO DE EVANGELIZAÇÃO
6.SEMINÁRIO DE LIDERANÇA MINISTERIAL
7.PALESTRAS PARA HOMENS,PARA JOVENS,PARA CASAIS,ETC.

A VOSSA DISPOSIÇÃO ATRAVÉS DO E.MAIL -vcamposrocha@gmail.com

ou deste blog.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

PERIODO DE ADAPTAÇÃO NO CASAMENTO

Período de adaptação.

Segundo os melhores especialistas e terapeutas familiares, o período de adaptação é tido como uma das fases mais difíceis em todos os casamentos. Em alguns casos podendo chegar até cinco anos. Parece demorado, mas tem razão de ser assim. Ambos foram criados com costumes e culturas diferentes. O conhecimento real da outra pessoa pode causar choques e até traumas. É na vida diária que as pessoas descobrem os defeitos e qualidades de seus cônjuges. Dormir juntos,dividir tudo,são coisas que podem incomodar. Soma-se a isto, o fato de que o casamento “freia” a pessoa. Os homens necessitam mudar seus hábitos de saírem sozinhos sem dizer aonde vão, dormir fora de casa, manterem conversas e brincadeiras com outras mulheres e quererem padronizar suas esposas. Da mesma maneira as mulheres com seus maridos. Pode ser que uma das maiores dificuldades enfrentadas logo no início do casamento seja a obrigatoriedade da submissão ao marido, principalmente aquelas que sempre foram independentes.



Nossos conselhos:

. Façam o possível para morar com certa distancia da casa paterna. Residir com os pais, ou em cômodos cedidos no mesmo quintal, nunca é bom. Ao casar o homem tem que ter competência para assumir suas responsabilidades!
. Não alimentem o hábito de comentar com parentes e amigos suas desavenças. os problemas tenderão a aumentar.
. Só recorra aos pais em busca de conselhos quando todas as tentativas de acordo não tiverem dado certo.
. Não permitam que o casamento caia na rotina. A mesmice é inimiga da boa convivência. Sair para passear, jantar ou almoçar fora, visitar parentes ou amigos, servir a Deus com responsabilidade e trabalhar são detalhes importantíssimos para um bom viver.
. Nunca esqueçam que o Senhor Jesus continua de mãos abertas para abençoar todos quantos o buscarem de coração.
(Extraido do livro SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS FAMILIARES do Pr.Valdemir C.Rocha)
Postar um comentário