SEMINARIOS E PALESTRAS

AGENDE UMA PALESTRA OU UM DE NOSSOS SEMINARIOS EM SUA IGREJA:

1.SEMINARIO " O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA"
2.SEMINÁRIO "BASES SÓLIDAS PARA UM CASAMENTO FELIZ"
3.SEMINÁRIO "SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS E FAMILIARES"
4.SEMINÁRIO "VENCENDO AS BATALHAS ESPIRITUAIS"
5.SEMINÁRIO INTENSIVO DE EVANGELIZAÇÃO
6.SEMINÁRIO DE LIDERANÇA MINISTERIAL
7.PALESTRAS PARA HOMENS,PARA JOVENS,PARA CASAIS,ETC.

A VOSSA DISPOSIÇÃO ATRAVÉS DO E.MAIL -vcamposrocha@gmail.com

ou deste blog.

sábado, 25 de dezembro de 2010

CAMPO GRANDE- MS

Campo Grande, graças ao solo avermelhado e ao clima tropical, capital do Mato Grosso do Sul, é carinhosamente chamada de "Cidade Morena", conta com mais de 660 mil habitantes, possui uma boa estrutura, com ampla rede hoteleira, bons restaurantes com variadas comidas típicas, sendo o peixe principal prato regional ou o típico churrasco. A noite oferece teatros, boates, restaurantes e lanchonetes com música regional. Campo Grande é um pólo de desenvolvimento econômico, razão pela qual muitos migrantes fizeram desta cidade seu lar, numa mistura de raças e costumes poucas vezes vistas com tamanha intensidade.
Os primeiros dados sobre a região datam de 1870, durante a guerra da Tríplice Aliança, moradores do Triângulo Mineiro, tiveram noticia da existia terras férteis na localidade chamada de Campo de Vacarias. No dia 21 de junho de 1872, acampou nas terras da Serra de Maracajú, na confluência dos córregos Prosa e Segredo – hoje Horto Florestal, José Antonio Pereira; José Neponuceno já possuía um rancho à beira do trilheiro, por onde boiadeiros passavam para ir até o Município de Nioaque (ao Sul) e Camapuã (ao Norte). No final do ano de 1877 é concluída a construção da primeira igrejinha rústica de pau-a-pique com telhas de barro. O governo estadual assina a resolução de emancipação da vila, elevando-a a município de Campo Grande em 26 de agosto de 1899.
A construção da estrada de ferro em1914 trouxe grande desenvolvimento para Campo Grande e para o Estado de Mato Grosso, ligando as duas bacias fluviais: Paraná e Paraguai e aos países vizinhos: a Bolívia (através do Porto Esperança) e o Paraguai (através de Ponta Porã). A transferência, em 1921, do Comando da Circunscrição Militar, até então sediado em Corumbá, e a construção que essa transferência ensejou, dos quartéis e outros estabelecimento militares, na cidade, foi outra iniciativa que contribuiu para o desenvolvimento de Campo Grande. Durante a revolução de 1932 Campo Grande se uni a São Paulo e declara aqui um Estado independente, tendo como capital Campo Grande. Escolheu-se como governador o renomado médico Vespasiano Martins, instalando-se o palácio do governo no prédio da Maçonaria.
Postar um comentário