SEMINARIOS E PALESTRAS

AGENDE UMA PALESTRA OU UM DE NOSSOS SEMINARIOS EM SUA IGREJA:

1.SEMINARIO " O PLANO DIVINO PARA A FAMILIA"
2.SEMINÁRIO "BASES SÓLIDAS PARA UM CASAMENTO FELIZ"
3.SEMINÁRIO "SOLUÇÕES PARA OS CONFLITOS CONJUGAIS E FAMILIARES"
4.SEMINÁRIO "VENCENDO AS BATALHAS ESPIRITUAIS"
5.SEMINÁRIO INTENSIVO DE EVANGELIZAÇÃO
6.SEMINÁRIO DE LIDERANÇA MINISTERIAL
7.PALESTRAS PARA HOMENS,PARA JOVENS,PARA CASAIS,ETC.

A VOSSA DISPOSIÇÃO ATRAVÉS DO E.MAIL -vcamposrocha@gmail.com

ou deste blog.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Murmuração murmuradores

MURMURAÇÃO
Como povo de Deus é necessário que troquemos a murmuração pelas ações de graças.
A murmuração é uma atitude abominável.
1- O murmurador é aquele que, na tua presença te beija, mas por detrás, te apunhala.
2- O murmurador é aquele que te atrai para o escuro, pois o que vai falar não pode ser dito à luz. E fala baixinho.
3- O murmurador vê tudo sujo, mas nunca se lembra de limpar os próprios óculos. (nem os olhos)
4- O murmurador vive à caça dos defeitos alheios, mas nunca aceita falarem dos seus deméritos.
5- Quando o murmurador abre a sua boca, o diabo lhe dá munição.
6- O murmurador é aquele que hospeda alguém e lhe dá um gostosíssimo banquete; quando termina a “hospitalidade”, xinga o visitante até a terceira e quarta geração.
7- O murmurador, além de ferir danosamente as pessoas, ainda impede a cicatrização da própria ferida.
8- Os murmuradores deveriam saber que, ao jogarem pedras numa árvore, podem no máximo, derrubar seus frutos e ferir as suas ramagens, mas jamais podem derrubá-la.
9- Murmurador é aquele que, não conseguindo atingir o seu alvo, procura um culpado para apedrejar, justificando assim o seu insucesso.
10-Os murmuradores de hoje não são mais engolidos pela terra, mas geralmente estão rastejando nela.
Os murmuradores falam de tudo e de todos. Murmuram contra o dirigente de louvor, a esposa do pastor, os pregadores que sabem menos do que eles, o carro novo do pastor, quando não tem na igreja algo sobre o que murmurar, murmuram contra o vizinho, a oração, os governantes, o preço das mercadorias; não importa, o que vale é murmurar.
Os murmuradores são aqueles que estão a serviço de Satanás. Geralmente são pessoas insatisfeitas e que não concordam com a liderança colocada sobre elas. Os murmuradores reivindicam posições, criticam projetos e julgam a obra realizada.
Pv 6. 16-19 “Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”.
Os murmuradores são descontentes e caçadores de erros. Agem como se fossem os investigadores do Reino. Julgam à revelia, escancaram a boca contra os seus irmãos e líderes. Muitos decidem por esta “atividade”, na casa de Deus pelo fato de não concordarem com nada do que lá é feito. São pessoas maldosas e que desconhecem qualquer princípio de bondade e autoridade. Faltam-lhes caráter e vida. São os mensageiros do inferno, que emprestam a Satanás as suas vidas.
Em qualquer lugar vomitam suas injúrias, denegrindo pessoas. Suas línguas são chamas de fogo que devoram, destroem e matam. Deus condena a murmuração mais do que qualquer outro pecado, pois abre brechas no meio do arraial, tornando vulneráveis a demônios as vidas, alcançando as vidas das famílias.
Os murmuradores são uma praga que acaba danificando a preciosa lavoura de Deus. Eles estão sempre descontentes e desanimados; não conseguem ver nada de positivo em ninguém e em lugar algum.
Para ser murmurador basta ao alistar-se numa agência qualquer do inferno.
Não se exige curso superior, princípios ou caráter.
Basta emprestar a língua aos demônios e deixar que a inspiração venha do inferno, é lógico.
Tg 4. 11 “Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz”.
Tg 3. 10 “De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas coisas sejam assim. ”
Mt 5. 22 “Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo”.
Mt 7. 1 “Não julgueis, para que não sejais julgados”.
Jo 7. 24 “Não julgueis segundo a aparência, e sim pela reta justiça”.
O ácido mais destrutivo do mundo encontra-se em uma alma amarga. A amargura é um dos sinais de afastamento de Deus, ou da quebra da comunhão com Ele. Por isso está escrito:
Jr 2. 19 “A tua malícia te castigará, e as tuas infidelidades te repreenderão; sabe, pois, e vê que mau e quão amargo é deixares o SENHOR, teu Deus, e não teres temor de mim, diz o Senhor, o SENHOR dos Exércitos”.
Pessoas amargas, vomitam o ódio, atiram para todos os lados e perdem completamente o equilíbrio e o bom senso. Pessoas amarguradas semeiam sementes de destruição por todos os lados.
Transcrito
Prvaldemircamposrocha.blogspot.com
Um abraço
Postar um comentário